O que é a Central de Transplantes?
É o setor da Secretaria de Estado da Saúde responsável pelo recebimento das inscrições e seu controle, armazena os dados dos pacientes renais que tem indicação de transplante. Também compete a Central de Transplantes receber as informações sobre os doadores e realizar a seleção de pacientes para distribuição de órgãos de doador falecido.

O que é Cadastro Técnico Único?
É o Banco de Dados do sistema informatizado da Central de Transplantes. Nele contém as informações de todos os pacientes inscritos para transplante no Estado de São Paulo.

Como fazer a inscrição no Cadastro Técnico Único?
Você deve procurar uma equipe médica, credenciada pelo Ministério da Saúde, que vai ser responsável por sua avaliação clínica e inscrição na Central de Transplantes. A inscrição gera um número de registro, o Registro Geral da Central de Transplantes ou RGCT. Esse número deve ser conhecido pelo paciente para facilitar a obtenção de informações sobre sua a situação na Lista de Espera através do site: www.saude.sp.gov.br.

O que é “Status”?
É a condição em que se encontra o paciente no Cadastro Técnico Único. A indicação, informação e alteração deste Status na Central de Transplante são de total responsabilidade da equipe médica que acompanha você, e pode ser:

Ativo: Você está apto para o transplante. Nesta situação você participa da lista de seleção para distribuição de órgãos.

Semi-ativo:
Você está temporariamente inapto para o transplante. Nesta situação você não participa da lista de seleção para distribuição de órgãos e quando volta ao status “Ativo” mantém a data de inscrição.

Removido: Você está definitivamente excluído do Cadastro Técnico Único. Entretanto, você pode ser reinscrito a qualquer momento e neste caso, receberá um novo número do RGCT e terá uma nova data de inscrição.

É possível mudar de equipe transplantadora?
Sim, a qualquer momento e sem necessidade de declarar o motivo. Basta entrar em contato com a equipe transplantadora escolhida para que ela faça sua reavaliação clínica. Apenas não esqueça de informar ao seu novo médico que você já esta inscrito no Cadastro Técnico. Além disso, você deve assinar um termo de anuência concordando com a mudança. Feito isso, a sua nova equipe médica encaminhará para a Central de Transplantes toda a documentação necessária para efetivação da sua mudança de equipe transplantadora.

O que acontece no caso de perda do transplante renal?
O Paciente renal pode ser reinscrito na lista de espera. Se a re-inscrição ocorrer em até 180 dias após o transplante com doador vivo ou falecido, será mantida a data de inscrição inicial, para contagem de tempo na lista de espera.

Saiba como obter informações sobre sua posição na Fila Única

São Paulo : Central de Transplante de São Paulo
Tel. (11) 3064-1649 e (11) 3088-5094

Campinas: Central de Transplante de Campinas
Tel. (19) 3621-8000
Na internet acesse o site da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo

Brasil: Central Nacional de Transplantes
(61) 3365-2379 e (61) 3365-4441 (24h)
cnncdo@anvisa.gov.br

www.saude.sp.gov.br

Para obter o número do seu Registro Geral entre em contato com sua equipe médica ou pela Central de Transplante por telefone ou por e-mail:

ctrans@saude.sp.gov.br






 

APREV - www.aprev.org.br - Todos os Direitos Reservados - Tel.: (12) 99111-0791 (Claro)
Powered by Interativa - www.grupointerativa.com.br - Tel.:(12) 3633.8202