20/10/08
Atividade Física é SAÚDE

Cada dia mais escutamos falar da importância da prática regular de exercícios físicos na nossa rotina, mas as preocupações com trabalho, com família com os afazeres do dia-dia consomem o nosso tempo nos levando ao sedentarismo. A falta de atividade física favorece a formação de exércitos de sedentários com problemas de gordura, presas fáceis para o desenvolvimento de doenças que poderiam ser evitadas ou minoradas com a prática de exercícios físicos. Entre elas estão a afecções cardiovasculares, alteração da pressão arterial, AVC, diabetes, depressão, obesidade, colesterol, fraturas relacionadas à osteoporose cujos índices de ocorrência têm aumentado de forma preocupante nos últimos tempos. Os maus hábitos alimentares associado a falta de exercícios físicos colaboram para a formação de acumulo de gordura no abdômen, o que é muito perigoso, pois a insulina produzida naturalmente pelo pâncreas encontra resistência para levar glicose para dentro das células causando a diabetes tipo 2.

O sedentarismo pode afetar alguns órgãos como:

» O fígado – aumento do LDL (colesterol ruim que se acumula nas paredes das artérias quando em excesso, causando risco de doenças do coração).

» O rim – maior absorção de sódio elevando a pressão arterial.

» O coração – de anginas leves até infarto agudo.

A prática regular de exercícios físicos é o melhor investimento que você pode fazer para estar bem saudável em todas as idades. Para isso, você não precisa de muito tempo e nem de um programa de atividade física intensiva e desgastante, basta estabelecer isso como prioridade, nunca é tarde para iniciar, buscar apoio de amigos e familiares nesta importante decisão, consultar seu médico, escolha uma modalidade de exercício que você goste, lembre-se não existe um exercício que seja melhor ou pior do que o outro, todos são bons desde que feitos com prazer e regularidade.

Os primeiros dias são os mais difíceis e a progressão deve ser lenta e gradativa. O exercício físico regular deverá ser mantido por toda a nossa vida. Reserve um momento somente seu para se dedicar a sua saúde, para o lazer e atividades que desenvolvam a alegria e bem-estar. Pacientes portadores de Doença Renal Crônica (DRC) têm uma maior prevalência de Doença Cardiovascular (DCV) do que a população em geral.

Saiba que a atividade física é uma ferramenta fundamental na redução do risco cardiovascular em pacientes com DRC. Consulte sempre um médico antes de iniciar uma atividade física.

Caminhar é um dos melhores exercícios físicos, pois reduz até 50% o risco de males cardíacos melhorando a freqüência cardíaca, previne a hipertensão arterial, reduz os níveis de colesterol, ativa a circulação sanguínea, diminui o risco de um infarto, aumenta a capacidade cardiopulmonar. E ainda ajuda no tratamento da depressão, da obesidade, melhora a força muscular diminuindo dores em geral e na recuperação da auto-estima. Esta sensação de bem estar é produzida pela endorfina que é uma substância natural produzida pelo cérebro em resposta à atividade física, visando relaxar, gerando bem estar e prazer.

Exercício físico deve ser encarado como um medicamento que deve ser tomado continuamente, mas deve ser feito sistematicamente e na medida certa para cada pessoa e sob supervisão de um profissional da área. 
Portanto, mexa-se, corra, pedale, alongue-se, nade, dance, viva a vida.

Comece já!  Seu corpo agradece.

Maria de Lourdes Fonseca Correa (Lurdinha)
Personal Trainer - Tel. 3624-7488/9174-2759

 
 




 

APREV - www.aprev.org.br - Todos os Direitos Reservados - Tel.: (12) 99111-0791 (Claro)
Powered by Interativa - www.grupointerativa.com.br - Tel.:(12) 3633.8202