Doar, um gesto que prolonga a vida - Poesia

Meu DEUS quanto eu poderia ter feito
Neste mundo e deixei de fazer
Não doando em vida ao irmão um órgão
Para que ele pudesse viver.

Não carreguemos por omissão
Nos fins de nossos dias ao morrer,
Seremos sim felizes e completos,
Se a alguém um de meus órgãos pertencer

Sublime a Campanha de doação
De mãos dadas vamos todos vencer
Todo ser humano reforce a corrente
Para mais vida a todos estender.

Autora Professora Lila Gama
Set / 2002

 
 




 

APREV - www.aprev.org.br - Todos os Direitos Reservados - Tel.: (12) 99111-0791 (Claro)
Powered by Interativa - www.grupointerativa.com.br - Tel.:(12) 3633.8202